9 de janeiro de 2013

Em busca da atividade física perfeita


Uma das metas desse ano é começar fazer alguma coisa pra me movimentar, além da faculdade. Tô desde o finalzinho do ano passado tentando achar uma coisa bacana, que eu goste e com preço bom. Não ligo de pagar, mas tem que ser uma coisa que eu vou gostar de fazer e não ir obrigada. Tô errada? Aquelas. Até agora tentei dois tipos de atividade - e acreditem, é bastante porque tenho muita preguiça de ir atrás disso. E vim falar um pouquinho de cada coisa e o que eu achei.


Musculação: Depois de encontrar a academia mais longe possível da minha casa - sério, eu tinha que andar uns 20 minutos pra chegar, considerando que eu ando bem rápido - cheguei no moço da academia e falei: Moço, eu quero perder barriga e endurecer o resto. E ele me disse que para conseguir isso eu teria de fazer musculação. Beleza. Na outra semana, fui na aula experimental e quase morri levantando os pesos. Juro. Minha cara entortava automaticamente quando eu erguia aqueles quilos - sei lá quantos a moça deu pra eu pegar/puxar. Resultado: Detestei e pra não pagar mais mico de fazer careta pro espelho, decidi que não era a melhor coisa pra mim.


Jump: Fiquei sabendo que aqui na cidade tem uma academia só para mulheres e lá fui eu de novo. Dessa vez, em busca do tal exercício com as camas elásticas. É cansativo. É bem cansativo. Eu achei que ia cair a qualquer momento de cima do pula-pula, pisar fora, algo do tipo. Me atrapalhava com as pernas na hora dos passos mas, apesar de tudo, eu gostei. Acredito que depois que a gente pega o jeito da coisa e acostuma com a circunferência da caminha tudo dá certo. Mas ainda não sei se é isso que eu quero. Ainda tô apegada na ideia da tal da dança, sabe como? É.

Quero deixar claro que não tô aqui pra desanimar ninguém. Isso foi o que eu achei e acredito que não é pra mim. O post é mais pra contar minhas trapalhadas, fazer vocês rirem - porque até eu ria sozinha do quanto eu me atrapalhei com as pernas na hora do exercício - e o que eu achei da coisa toda, quem sabe assim, alguém se interessa e vai tentar. Se você tem vontade de começar algo assim, vai atrás, pede aula experimental e vai! Você não vai saber se gosta ou não daquilo se nunca testar.


8 comentários:

  1. Eu queria fazer JUMP!

    Acredita que eu vi seu blog em uma lista no "Depois dos Quinze"? Gostei muito daqui ^^
    Ká estou te seguindo, se gostar do meu blog, segue tb?
    Beijões, @esteffanifontes - tt
    Aos Dezesseis Anos - aosdezesseisanos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha, faz uma aula experimental, acho que você vai gostar! Mas já aviso: cansa bastante!

      Ah, que legal! Vou visitar o seu!
      Beijo!

      Excluir
  2. Eu faço dança do ventre, acho que já é o suficiente com o tanto que eu tenho que andar para chegar no lugar que eu tenho aula hahaha XD
    analogicbea.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahahaha, aqui tem dança do ventre e é bem longe também!

      Excluir
  3. Esse ano eu vou tomar coragem de ir pra academia(beeeem chato), mas vou passar bem longe de levantar peso haha e também to querendo fazer jump, apesar de achar que vou passar pelos mesmos problemas que você pq sou uma pessoa completamente sem coordenação motora hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahaha, eu não me reconheci! Sempre peguei passos de dança super facilmente e no jump me atrapalhei toda. Foi engraçado, mas vale a pena tentar! Beijo!

      Excluir
  4. Sou a preguiça em pessoa. E qnd acho alguma coisa que cabe no bolso, não cabe na agenda. Tá dificil, viu?

    Mas, ainda não desisti. Espero que esse ano saia :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também sou! HUEHAUOHEUAHEUHU Estamos na luta! o/

      Excluir